7 dicas para passar em concursos

Um dos maiores destaques no Brasil no ramo dos concursos é o Juiz Federal da vara de Niterói William Douglas, que já foi delegado de polícia, entre outros cargos além de ser uma pessoa de muito valor em termos de caráter (eu sigo ele até hoje no Facebook).

passar em concursos

7 dicas para passar em concursos

Hoje em dia há várias outras pessoas conhecidas como também a Lia Salgado. O William é tratado como o guru dos concursos. Existe vários livros dele publicados, onde ele traz várias dicas de como passar em concursos públicos nos mesmos. Separamos algumas dicas deles, que com certeza vão te ajudar a passar por esse desafio.

  1. Se prepare para as críticas

Assim que você decide investir sua vida em um cargo de emprego com estabilidade, ou seja, estudar para concursos, você vai ter que renunciar sua vida pessoal. Porém, não ultrapassar a linha para ser antissocial, pois faz parte da preparação ir paras as festas, os compromissos da família, é a hora de você desopilar um pouco.

Os seus familiares vão te criticar muito pela nova modalidade de vida (estudar muito sem saber se vai dar certo ou não entrar em cargo público), mas você não deve virar inimigo deles, pelo contrário, cada vez mais admire-os, pois eles se preocupam porque gostam de você. E também pense positivo anulando aquele sentimento negativo que você sente de quando alguém te critica: caso não consiga o cargo tão sonhado, pelo menos você adquiriu conhecimento e ficou mais inteligente (estudar raciocínio lógico te deixa com uma cognição mais afiada) e melhorou como pessoa.

  1. Se preparar antecipadamente

Tenha em mente que esse concurso que abriu há alguns dias e você já começou a estudar para a prova que acontecerá daqui a uns 2 meses, você não passará! Essas vagas são certas para pessoas que já fizeram outros concursos no ramo e estão mais afiados no conteúdo e na prática de questões e com certeza “fecharão” a prova (acertarão todas as questões).

Por isso, escolha concursos anteriores em sites como o Pci Concursos, onde tem um banco de dados de provas e editais de concursos anteriores, baixe-os e leia-os para saber como funciona. Pegue o conteúdo programático e já comece a se especializar.

  1. Compre livros, não apostila

Esqueça as apostilas de concursos, elas geralmente são feitas por uma pessoa leiga que quer ganhar dinheiro. Existem na internet bons cursos online como os da buzzero, com conteúdos muito legais.

Caso você queira se especializar mesmo em concursos, compre livros, de preferência da Elsevier (hoje em dia tem várias editoras boas). Invista na sua aprovação. Há outra vertente de pessoas que gostam de pagar um professor para dar aulas, mesmo que seja online, mas livro é melhor porque prova é escrita e você também tem que a ler, compreendeu?

  1. Treinar questões de provas

Depois de já afiado na teoria, resolva questões, dessas que vem nos livros que você comprou, questões que já foram aplicadas em concursos anteriores. Depois é só verificar o gabarito. Se puder, em outra semana, reimprima a prova e refaça-a. As provas você já sabe, pode baixar ou pelo site da banca organizadora, ou por sites especializados de concursos como o Pci concursos.

  1. Treinar provas de mais de 4 horas

Uma dica importante é você se auto aplicar uma prova no seu ambiente de estudo, com uma mesinha apropriada de salas de aula, gabarito depois, cronometrando uma prova relacionada ao seu cargo dentro do tempo estipulado em concursos. Não pode se mexer demais, sem se levantar para se acostumar a passar muito tempo sentado resolvendo questões.

  1. Procure pessoas em fóruns de discussões sérios

Lá para 2008, quando eu estudava, tinha um pessoal que era “discípulo” do William Douglas, um chamava-se Alexandre Meirelles e outro o Demetrius (Deme). Eles ficaram amigos em sites de fóruns (na época nem existia Facebook, tinha o Orkut, mas não era muito usado).

Eles gravavam também podcasts sobre a sua atuação nos concursos. Eles já estão bem de vida hoje em dia, a última vez que vi Alexandre Meirelles foi numa entrevista para o G1, onde ele falou sobre algo relacionado ao seu trabalho (não de concursos) que é Auditor Fiscal da Receita Federal tendo como banca examinadora a ESAF (Escola de Administrações Fazendárias) ganhando mais de R$ 10.000,00. Ela é formado em matemática. É uma ótima alternativa para você conhecer pessoas que estão no mesmo barco que você e construir uma história de vida marcante, como marcou a minha em termos de motivação.

  1. Não desista

Com essas dicas você já pode desenrolar muita coisa. Lembro que ele, Alexandre Meirelles contando depois de sofrer tanto estudando, no dia que saiu o resultado do último concurso que ele fez, o da Receita, quando viu o nome dele na lista classificados, abriu uma cerveja, bebeu, sentou no chão e passou várias horas olhando para a tela do notebook pensando, planejando sobre como seria a sua vida com “seu lugar ao sol” no serviço público, como dizia William Douglas, lembrando de tudo o que passou para chegar ali.

Artigo baseado em lembranças de um ex-concurseiro que atuou em concursos desde 2008 até 2010 tendo obtido vários resultados.