Tratamento para Drogas Gratuito

O tratamento para drogas depende de um contexto geral, o usuário precisa estar disposto a ser ajudado, e a família e os amigos, precisam querer ajudar a pessoa a superar a situação e entender o que está acontecendo. Para o bem-estar entre todos, é necessário procurar ajuda de especialistas, sejam médicos, sejam psicólogos e outros profissionais devidamente capacitados a colaborar com a situação.

Tratamento para Drogas Gratuito

Tratamento para Drogas Gratuito

Há diversas maneiras de receber auxílio quando o assunto é tratamento de drogas gratuito. Iniciativa realizada em quase todos os lugares do Brasil, as unidades do Caps (Centro de Atenção Psicossocial) auxiliam no tratamento de álcool e outras drogas, quando o usuário está viciado e em situação de risco. Lá é feito um diagnóstico e um programa de tratamento. Depois do agendamento e acolhimento, uma entrevista é feita e um projeto terapêutico é elaborado. Tanto os usuários adolescentes, quanto maiores de idade, alcoólatras, tabagistas e familiares dos dependentes são atendidos.

Tratamento Drogas Gratuito

tratamento-drogas-de-graca-2

O tratamento nas unidades do Caps pode ser intensivo (com internação, por exemplo, caso seja necessário para cada tipo de situação), quanto semi-intensivo, com acompanhamento diário, ou não intensivo, com educação física e serviço social e serviços de reinserção psicossocial e no mercado de trabalho, questões fundamentais para a melhoria do ex-dependente e seus familiares e amigos.

Os atendimentos disponíveis nas unidades do Caps, que podem ocorrer em grupo ou individualmente, são clínico geral, psiquiatria, psicoterapia, enfermagem e serviços de farmácia, o que pode variar de acordo com a unidade procurar e a necessidade do paciente.

Ainda pelas unidades do Caps, estão previstas atividades comunitárias para a integração do indivíduo na comunidade e sua inserção familiar e social, condições fundamentais para o bem-estar entre todos.

Outros locais de atendimento

tratamento-drogas-de-graca-3

O Cratod (Centro de Referência para Álcool, Tabaco e Outras Drogas) do Governo Estadual de São Paulo, no bairro do Bom Retiro, na capital paulista, atende em média 300 pessoas por dia. Lá, pacientes que vão por conta própria ou com auxílio de familiares e amigos são bem-vindos. Mas, em geral, os melhores resultados acontecem quando o paciente vai por conta própria. No local, são oferecidas terapias individuais e em grupo e atividades de recreação entre os pacientes.

A CCEV (Comunidade Casa Esperança e Vida) também atua na área da dependência química, principalmente em relação à prevenção e recuperação de dependentes. Há grupos de ajuda mútua, com atendimento aos próprios dependentes, familiares e, inclusive, crianças filhos de dependentes. Para obter informações de como receber ajuda, o site da instituição oferece dados de contato e mais detalhes: www.ccevcomunidade.wix.com/ccev.